Puxa cara fora topos meninas

E esse cara pode ser você. O melhor lugar para abordar uma garota na noite é no bar de drinks. Esses bares costumam ter uma proporção bem favorável de mulheres e, enquanto elas aguardam o drink, você tem uma boa oportunidade para puxar assunto. 17/jul/2018 - Explore a pasta 'scrapbook namorado' de Dollcelestial no Pinterest. Veja mais ideias sobre Scrapbook namorado, Ideias para presentear o namorado, Ideias românticas. Meninas roupas ternos 2019 novo estilo verão crianças floral topos + macacão terno conjuntos de roupas para 1 6 t crianças babados manga conjuntos,Aproveite promoções, envio grátis, proteção ao consumidor e retorno simplificado ao comprar de lojas na China e no mundo inteiro! Odeio ou adoro, você tem que admitir que o penteado do homem é literalmente em toda parte nos dias de hoje. Mais e mais caras estão abraçando o cabelo mais longo e decidindo dar estilo a essa maneira útil e estilosa. Apoiamos de todo o coração o coque do homem, o nó de […] Não precisa ser algo gigantesco e caro, pode ser simplesmente um momento único que você viveu fora do lugar comum onde vive. Vale também perguntar sobre as viagens que a pessoa já fez, e mesmo falar sobre o que significa viajar para vocês. 19. Como puxar um papo infalível? Fale sobre a boa e velha astrologia e os signos. Comece pelo básico: Um cara bonito, me pede para dançar, e quando eu aceno, ele me puxa para a pista de dança. Um par de músicas mais tarde, 'Slut Like You' por P! NK está tocando, e eu amo essa música. Quando o cara tem essa capinha sobre a cabeça é sinal de que ele não foi circuncidado. Algumas meninas dizem que este formato dá um prazer maravilhoso, uma vez que a pele “se esfrega” nas paredes da vagina, algumas sentem desconforto no sexo oral (por isso é importante que ele esteja bem limpo). Algumas dessas cantadas são realmente bem engraçadas, não é? Mas somente decorar uma frase pronta não será o suficiente. É preciso que você procure entender os sinais de linguagem corporal da garota e, mais importante, que use a cantada de forma leve e despretenciosa.. Fale assim para sua amiga, “Olha, eu sei que é ridículo, mas lembrei de uma cantada que ouvi um tempo atrás e ... Fomos com ela até o sétimo andar, e assim que saímos do elevador demos de cara com as meninas do LM. - Maledire. - sussurrei baixo em italiano. - Olá meninas. - as cumprimentei sorrindo (por mais que fosse um pouquinho falso). - Oi . - todas me cumprimentaram, menos uma que ficava me encarando com certo ódio nos olhos. - Oi meninas. Meninas roupas ternos 2019 novo estilo verão crianças floral topos + macacão terno conjuntos de roupas para 1 6 t crianças babados manga conjuntos,Aproveite promoções, envio grátis, proteção ao consumidor e retorno simplificado ao comprar de lojas na China e no mundo inteiro!

História: O dia que comi pizza com o Motorhead

2019.12.11 16:51 SunTzuManyPuppies História: O dia que comi pizza com o Motorhead

Desde pirralho eu curto rock e metal. Tive minha época de “metaleiro”, com cabelo até a bunda e só se vestia de preto, que durou até os 17 anos mais ou menos. O estilo mudou, o cabelo ficou curto pra depois dar lugar à calvície, mas o amor ao rock n roll continua o mesmo.
Tive a chance de ir em vários shows legais, e várias vezes tive a oportunidade de bater um papo com as bandas, que foram desde tirar uma foto rápida com o Dio, até encher a cara no hotel com o Edguy. Essa é uma dessas histórias.
Em 2009 ia ter show do Motorhead aqui em Curitiba. Eu queria muito ir, mas estava sem dinheiro. Já havia visto eles dois anos antes num festival na Alemanha (festival esse que jantei com o Dani Filth e visitei o camarim do Within Temptation – mas isso é outra história), então já estava meio conformado que iria perder a apresentação.
No dia do show, em torno de meio dia, fui visitar uma amiga que morava ao lado de um hotel Radisson. Estava chegando lá a pé, e vi que tinha cerca de 10 a 15 cabeludos vestidos de preto na frente do hotel. Perguntei pra alguém o motivo deles estarem ali. “O Motorhead está hospedado aqui, e vão sair daqui a pouco”. Pensei puxa que legal, vou esperar um pouco ver se bato um papo com eles. 5 minutos depois, sai o Phil Campbell e o Mikkey Dee, e os fãs ali na frente ficaram eufóricos, tiraram fotos, gaguejavam, pegavam autógrafos... e eu fiquei esperando eles atenderem todo mundo. O Lemmy não apareceu.
Quando o Phil ficou sozinho num canto, fui trocar uma ideia com ele. O segredo pra falar com artistas é não se aproximar como fã, e sim como se fosse um alguém qualquer (o que eles são). Cheguei apertando a mão dele “Hi Phil, how are you?”, dei parabéns a ele em relação ao novo álbum, perguntei o que ele estava achando de Curitiba até agora, e mencionei que vi eles em 2007. O fato de eu ter sido alfabetizado em inglês e falar sem sotaque ajuda nessas situações. Não pedi nenhuma foto ou autógrafo, mesmo porque não tinha câmera no celular na época, nem estava carregando caneta ou item pra autografar; queria só trocar uma ideia mesmo. Ficamos uns 10 minutos batendo papo sobre assuntos gerais.
Eu já estava deixando a menina esperando, então falei pra ele que tinha que ir. Ele perguntou “Ok, vejo você no show hoje à noite?” e eu disse que não iria, que estava sem dinheiro.
“O quê? Não, você vai sim.” Ele grita pro assistente/fotógrafo chileno dele que estava do outro lado “Ei, Fulano! Anota aí o nome do Lucas!” ele vira pra mim, “Lucas do quê?”, eu respondo com meu sobrenome, e ele grita de novo pro assistente “Lucas de Tal!”. Puxa, que legal, obrigado! Agradeci, e fui embora.
Chega algumas horas antes do show e vou até o Master Hall, local do show. A fila estava gigante, dando a volta no quarteirão, e eu estava meio cético que ia conseguir entrar, afinal ele não me deu um ingresso nem nada, só anotou meu nome.
Os portões abriram, mas não peguei a fila, fui direto lá na entrada. Perguntei pra um segurança sobre uma lista, ele apontou uma mulher ali na frente. Cheguei todo tímido “oi, ahm, meu nome tá na lista?”. Ela me olha com a maior cara de cu do mundo “Qual lista? Lista dos jornalistas? Dos promoters? Dos patrocinadores?” enquanto folheava uma planilha com centenas de nomes. Quando chega na última folha, no topo da página está escrito “Motorhead Personal Guest List”, com um único nome constando lá: o meu.
Nunca vou esquecer a cara que a mulher fez. Não lembro exatamente o que ela falou, mas foi algo tipo “ahh, então você é diferente”, e começou a me dar uma credencial atrás da outra. “Esse é pra entrada, essa é pro camarote, essa é pra pista vip, esse é pro camarim e esse é pro after party”.
Entrei na casa (sem pegar a fila quilométrica), e assisti o show inteiro do camarote. Fantástico, maravilhoso, sem palavras pra descrever a energia dos caras no palco. Quem viu, viu. Quem não viu, não vai mais ver.
Ao final do show, esperei a casa esvaziar e fui até a entrada do backstage. Estava eu, o Marcelus do Motorocker (que abriu o show) e o Julião da Caveira (líder da torcida Fanáticos e ex-vereador – um lixo que quem é de Curitiba conhece). Nos fizeram aguardar uns 20 minutos e depois liberaram a nossa entrada lá. Quando entro, está o Phil e o Mikkey Dee lá, além de alguns assistentes da banda. O Phil levanta “LUCAS! Olha galera, esse é o Lucas, o cara que eu falei! Porra, que bom que vc veio cara, senta aí!”. O Marcelus e o Julião tiraram umas fotos com a bandeira do Athlético e logo foram embora.
“Você tá com fome cara, pega uma pizza! Quer tomar alguma coisa, whiskey, cerveja?” Peguei um pedaço de pizza e uma coca, e fiquei lá numa roda de conversa com o fotógrafo da banda, o Phil Campbell e com o Mikkey Dee, que saía de 10 em 10 minutos pra ir ao banheiro (por que será? ⚡⚡⚡). Conversamos ali sobre bandas, músicas, ouvi histórias de turnês, fofocas de artistas... por quase uma hora. Admito que abusei um pouco da hospitalidade, o Phil agradeceu de novo minha presença e se retirou. Daí depois disso fui embora. Admito que estava esperando um after party estilo Spinal Tap, mas acho que todos ali já tinham passado dessa idade.
Infelizmente o Lemmy só deu uma passada rápida pela sala onde estávamos, cumprimentou cada um rapidamente “great show Guys”, apertou minha mão, e foi direto pro camarim dele. Compreensível, o cara fez um show destruidor e parecia estar exausto. O Phil me falou que ele precisa ficar um tempo no oxigênio depois dos shows.
Fui embora, ainda meio atordoado com a experiência surreal que tinha passado, e uma das melhores histórias pra contar da minha vida. Não cheguei a tirar nenhuma foto, eu não tinha máquina e meu celular não tinha câmera. De lembrança, ficaram só as credenciais e umas palhetas que ganhei do Phil.
Fiquei na esperança deles voltarem pra tentar encontrar o cara de novo e ver se ele se lembraria de mim (spoiler: não lembraria), mas quando eles vieram em 2015 eu estava fora do país, e pouco depois o Lemmy faleceu.
Talvez depois eu faça uma outra thread contando outros encontros que tive com outros grupos como Gamma Ray, Edguy, Masterplan, Sonata Arctica, Slash, Testament... Mas de todas as bandas que já conheci, Motorhead é a maior, então eles merecem um post só deles!
Credencial e palheta: https://i.imgur.com/A48RpcF.jpg
submitted by SunTzuManyPuppies to brasilivre [link] [comments]


DUQUINHA - DVD ABRE A MALA E SOLTA O SOM Banda Beijo - O Arrastão Mc Rick e Mc Magrinho - Bota a cara fdp (CLIPE OFICIAL ... ELE PEDIU MINHA PRIMA EM NAMORO! (TROLLAGEM) - YouTube Leco e Lena Jogam Jogo Avalanche Olaf Frozen! Menino Vs Menina Lorota GINO E GENO MEU CORAÇÃO É TEU! - Edith puxa Helena pelos cabelos e as duas acabam brigando

Tipos de pênis: veja os 10 mais comuns e saiba como ...

  1. DUQUINHA - DVD ABRE A MALA E SOLTA O SOM
  2. Banda Beijo - O Arrastão
  3. Mc Rick e Mc Magrinho - Bota a cara fdp (CLIPE OFICIAL ...
  4. ELE PEDIU MINHA PRIMA EM NAMORO! (TROLLAGEM) - YouTube
  5. Leco e Lena Jogam Jogo Avalanche Olaf Frozen! Menino Vs Menina
  6. Lorota GINO E GENO
  7. MEU CORAÇÃO É TEU! - Edith puxa Helena pelos cabelos e as duas acabam brigando

vou de cá batendo o pé, vai de lá batendo a mão, todo mundo tá dançando é o gino e geno no bailão, bota a cerveja na mesa que eu tô chegando agora, tenho hora pra chegar e não tenho pra ... duquinha - musica abre a mala e solta o som dvd duquinha - musica abre a mala e solta o som duquinha novo dvd Inscreva-se no canal e fique por dentro dos lançamentos Mc Rick música nova 2020 mc magrinho lançamento Instagram: @Dougfilmes Produzido pela Doug Filmes Pro... ESPERO QUE TENHAM GOSTADO DO VÍDEOOOO! CANAL VALENTINA SOBRINHO: https://www.youtube.com/channel/UClCBeR-qPKcYbSH7TjFm77g Minha caixa postal: 10093 Cep: 2305... Puxa a menina Tira a roupa do varal É caldeirão É caminhão É geme, geme Corre, corre sai do chão E dá de tudo Dá no coro, dá no pé Desencontro E dá de cara, dispara, dispara Deságua na ... Olá Galerinha! No Jogo Avalanche do Olaf Frozen, Leco e Lena teram que salvar o Olaf no topo da montanha antes que uma avalanche acontece. Venha se divertir ... Capítulo 105 - Edith flagra Helena no quarto com Nando e puxa a menina pelos cabelos até o lado de fora da mansão Lascurain. Lá fora as duas saem no tapa mesmo com Nando e Lenin tentando apartar.